Sapato rosa em cima do notebook encima da mesa do computador e com impressora  e arduino ao lado
Daniela Duarte

Tecnologia é só coisa de homem?

07 de dezembro de 2017

Toda vez que falamos do departamento de tecnologia, se imagina um grupo de homens sentados em frente ao computador, mas afinal essa área só contrata homem? Claro que não. A área de tecnologia é como as outras, feita de homens e mulheres.

Mas Dani, por que a maioria das pessoas que trabalham com tecnologia ainda são homens?

Alguns fatores que acredito que sejam a causa dessa realidade:

Educação ditada pela Indústria de brinquedos

Tenho um irmão 7 anos mais novo, então sempre foi clara para mim a diferença na nossa criação e brinquedos. Meus brinquedos eram Barbies e casas, eu tinha prato, talher, cozinha, cama e também um bebê para cuidar. E conforme ia crescendo, fui ensinada pela minha mãe a fazer as mesmas coisas em casa. Enquanto meu irmão tinha carrinhos, videogames, jogos que incentivavam a montar, construir e vencer. E as tarefas de casa? Nunca ninguém o ensinou ou falou que era sua obrigação. E em muitas casas, ainda hoje essa é a realidade, infelizmente.

Mas por que só temos brinquedos que nos ensinam a cuidar da casa e dos filhos?

Para minha sorte, fui filha única por 7 anos, e por extinto ou curiosidade, quando eu tinha 4 anos de idade, meu pai comprou nosso primeiro computador, e me ensinou a usá-lo, eu fazia cartões e apresentações em PowerPoint nele, e por meu pai gostar de jogar videogame, desde pequena também jogava. Então acabei conhecendo a tecnologia muito cedo, e com o passar dos anos as Barbies ficaram de lados e o computador e o videogame viraram meus hobbies.

Isso fez que eu saísse um pouco da curva do padrão e despertasse o interesse na área, mesmo que inconscientemente.

Inspiração

Esse é outro fator que nos leva a não ter vontade de entrar na área: não temos um Mark Zuckerberg ou Bill Gates mulher que nos inspire a entrar na área de tecnologia. E são poucos os exemplos que temos de mulheres que se sobressaem e elas não são tão destacadas pela mídia quanto deviam ser. Por exemplo, temos uma grande inspiração e exemplo feminino na área:

ADA LOVELACE | WIKIPEDIA

Ada Lovelace, foi uma matemática e escritora inglesa. Hoje é reconhecida principalmente por ter escrito o primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina, a máquina analítica de Charles Babbage.

Toda vez que falam que tecnologia é coisa de homem, eu respondo:

-Você sabia que foi uma mulher que escreveu o primeiro programa da história?

Ambiente

Sim, é assustador chegar numa sala onde você encontra 50 homens, e no máximo 5 mulheres, no primeiro dia de faculdade, e quando entra no mercado de trabalho, você na maioria das vezes, pode ser a única mulher do setor.

Mas isso não é nada demais, afinal somos todos humanos, ninguém morde. Estou desde 2012 na área de tecnologia, e tanto nos cursos como no trabalho, ser mulher nunca me afetou em nada.

Esperanças?

Hoje existem vários programas de incentivo a mulher na tecnologia, isso fez com que muitas entrassem nesse mundo, mas ainda a diferença entre homens e mulheres na área é grande. Temos que mudar isso, afinal o futuro terá cada vez mais tecnologia e devemos estar prontas para essas mudanças e mostrar que somos capazes de fazer coisas incríveis na tecnologia também. Todos nós podemos fazer coisas maravilhosas, basta querer, não tem essa de isso é coisa de homem ou de mulher.

Deixo essa propaganda como reflexão, mostra bem o que a indústria definiu que seria o certo na criação nós mulheres, mas mostra que nós mulheres podemos e queremos novas coisas:

Compartilhe

Publicado por:

Daniela Duarte de blusa rosa

Daniela Duarte

Desenvolvedora Front-End, engenheira da computação e técnica em informática por formação, apaixonada por tecnologia e design desde que se conhece por gente, cria sites, produz conteúdo, ama programar, desenhar, comer, beber, chocolates, ouvir música, cantar, dançar, passear, nadar, viajar, olhar o céu, ver filmes e animes, ler bons livros e um monte de coisa.

Linkedin Facebook Instagram