Homem alongando as costas
Spencer Selover de Pexels

O que sessões de RPG me ensinaram sobre ter sucesso

10 de maio de 2018

Já fiz muitas fisioterapias na vida, seja para minhas mãos pela dor que sinto de sempre passar muito tempo no computador ou por causa da dor que sinto no joelho.

Você deve ta pensando, Dani você tem quantos anos?

23, e sim tenho algumas lesões por causa do mau uso do computador, mas isso é assunto para outro artigo.

Há muitos anos, machuquei meu ombro na montanha russa do Playcenter, cheguei em casa com muita dor, passei o famoso doutorzinho e “melhorei”.

Anos se passaram, técnico e faculdade chegaram, e eu viajando São Paulo inteiro com uma mochila enorme e pesada, carregando cadernos e tudo o que uma mulher precisa para passar o dia fora: escova de dente, lápis de olho, batom, pasta de dente, casado, guarda-chuva (aqui em Sampa, o clima é doido, de manhã ta Sol, à tarde chove, de noite esfria, então sempre é necessário levar blusa e guarda-chuva), entre outras coisas.

Além disso, depois que roubaram um pente da minha bolsa, enquanto estava andando na multidão das calçadas da cidade, eu passei a carregar a mochila na frente do meu corpo, era isso ou perder coisas mais valiosas, pois o que existe em SP são multidões, no trem, no metrô, no ônibus, na rua. Já teve uma vez, que me deram um apertão na bunda em uma dessas multidões, e nem consegui identificar o individuo fdp.

Manter a mochila carregada na frente do corpo mais a lesão no ombro, me proporcionou um problema de coluna, que no último ano me deram umas travadas que eu nem conseguia sentar no computador para trabalhar.

Graças à Deus, só tive um desvio na coluna, e tive que fazer RPG (Reeducação Postural Global) para corrigi-lo.

A minha experiência com o RPG, foi muito diferente das fisios que eu tinha feito antes, pois eram mais “leves”, não doíam tanto.

No RPG, a fisioterapeuta te coloca numa posição que você tem que ficar imóvel por aproximadamente uns 5 minutos, e, além disso, você tem que forçar seu corpo para baixo e ainda respirar (para mim isso é o mais difícil, porque tenho asma) e manter isso é muito doloroso, mas você tem a opção de não forçar tanto e ficar na posição de uma maneira mais confortável e até relaxante, pois não há ninguém te monitorando.

Eu percebi isso, logo na primeira sessão, e eu falei para mim mesma, vou querer ficar aqui relaxando ou realmente vou me esforçar para melhorar?

Eu decidi melhorar

Foram 10 sessões, 1 vez por semana, com duração de meia hora, a cada posição e dor que eu sentia, eu pensava: tenho que me esforçar isso vai me ajudar a melhorar, e a cada sessão eu me esforçava mais e mais.

E com o passar das sessões, fui vendo minha evolução, a dor a cada semana estava sendo amenizada, além de me esforçar nas sessões, passei a me policiar em situações como:

Quando ia pegar alguma coisa pesada: eu passei a me agachar e não a encurvar a coluna para pegar, ao lavar a louça: passei a ficar mais reta e evitar me curvar tanto como antes, ao sentar, passei a ficar atenta para estar o mais reta possível e ao pegar ônibus/metrô/trem passei a não ficar me pendurando com a mão erguida para me manter equilibrada (o máximo possível) pois uma pessoa baixa como eu (1,56 cm) ficar muito tempo se erguendo para pegar qualquer coisa, machuca a coluna.

E por que fiz isso? Porque só as sessões de RPG, não iriam curar se eu não mantesse isso no meu dia a dia.

E com o passar das sessões, fui vendo minha evolução, a dor a cada semana estava sendo amenizada, além de me esforçar nas sessões, passei a me policiar em situações como:

Isso é como qualquer coisa na vida que você queira ter sucesso, se você não fizer a sua parte ninguém vai fazer.

Por exemplo, você quer aprender programação, você vai lá e faz o curso, vai todo dia e faz todos os exercícios na sala de aula e as lições de casa, estuda para prova, tira boas notas e se forma. Mas ai vai para uma entrevista de emprego e não consegue resolver nenhum problema.

Por que será? Porque você simplesmente fez o básico, não foi além, você ao invés de praticar todo dia e se desafiar diariamente, você só cumpriu com seus deveres acadêmicos, eu sei que muitas vezes esses deveres te tomam o resto do tempo, mas se você quiser se sobressair em qualquer coisa na vida, você deve se esforçar mais.

Não to falando em ser matar de estudar, ser workaholic, isso não faz bem a sua saúde mental e nem física, só estou falando faça um pouco a mais a cada dia, não precisa aprender tudo em um dia, mas aprenda um conceito por dia, aprenda diariamente, que você aos poucos vai se tornando uma pessoa mais sábia e melhor.

Isso vale para qualquer situação, se eu tivesse só feito o básico: ir toda quinta-feira na sessão e não tivesse praticado e me esforçado mais, eu não estaria melhor hoje. Ainda tenho que voltar no ortopedista, mas as dores sumiram, se eu tiver que fazer mais sessões, vou me esforçar mais ainda para não voltar de novo ;)

Espero que essa lição que aprendi de esforço e dedicação te ajude a resolver os problemas do dia a dia e que você atinja muitas metas com sucesso!

Compartilhe

Publicado por:

Daniela Duarte de blusa rosa

Daniela Duarte

Desenvolvedora Front-End, engenheira da computação e técnica em informática por formação, apaixonada por tecnologia e design desde que se conhece por gente, cria sites, produz conteúdo, ama programar, desenhar, comer chocolates, beber, ouvir música, cantar, dançar, passear, nadar, viajar, olhar o céu, ver filmes e animes, ler bons livros e um monte de coisa.

Linkedin